Tecnno Watts

Quadros Elétricos

A escolha do tipo de painel ou quadro elétrico ideal depende completamente da complexidade do projeto, e a utilização que será feita sobre o equipamento.

Alinhando o estudo do caso, a Tecnno Watts encontrará o equipamento ideal, que irá suprir com as necessidades envolvidas. Tipos de painéis e quadros elétricos .

MONTAGEM DE PAINÉIS ELÉTRICOS

Quadro de força e controle;
Banco automático de capacitores;
Quadro de Distribuição de Força (QDF);
Quadro de Distribuição de Força e Luz (QDFL);
Quadro Geral de Baixa Tensão (QGBT);
Quadro de controle lógico programáveis.

Quadro e de força e controle

Conforme a Norma Brasileira NBR IEC 60050 o quadro de distribuição é “o equipamento elétrico destinado a receber energia elétrica através de uma ou mais alimentações, e distribui-la a um ou mais circuitos, podendo também desempenhar funções de proteção, seccionamento, controle e/ou medição”. A função de proteção e controle se faz por meio da utilização de disjuntores.

Podemos entender o quadro de distribuição como o centro das instalações elétricas, pois ele distribui energia para toda a edificação e abriga os dispositivos de proteção e controle dos demais circuitos.

Banco Automático de Capacitadores

O banco de capacitores automáticos tem a função de fazer de forma automática a correção do fator de potência de instalações elétricas. Isto é, fazer a redução da indutância que está sendo aplicada na rede elétrica da concessionária de energia pelas cargas do circuito. Para isso, o banco de capacitores automáticos é dotado de um controlador de fator de potência que serve para ligar e desligar o sistema de forma autônoma.

O banco de capacitores automáticos possui alguns estágios que são acionados conforme a necessidade da potência a ser corrigida. Para cada um desses estágios do banco de capacitores automáticos, é necessária a utilização de disjuntores ou fusíveis para a proteção e contatores específicos para fazer o acionamento das células capacitivas (capacitores). Além disso, é necessária também a utilização de uma proteção geral para o circuito. Existem ainda outros componentes que podem estar incluídos no banco de capacitores automáticos conforme o desejo e a necessidade do cliente, tais como relés de proteção, componentes para monitoramento, componentes de sinalização, entre outros.

Quadro de distribuição de Força (QDF)

O quadro de distribuição de força é o equipamento responsável por receber e distribuir eletricidade de uma ou mais fontes para executar todos os tipos de atividades. Ele pode ser abastecido por uma fonte única de energia, podendo migrar isso para o único pólo.

A principal versatilidade do equipamento, é o que mais chama a atenção. Quando o cliente instala este tipo de quadro para uma pequena necessidade, mas a necessidade crescer ao longo do tempo, você poderá continuar usando o mesmo equipamento, pois ele atende perfeitamente as demandas maiores.

Toda essa versatilidade do quadro de distribuição de força, só é possível de ser obtida, quando a instalação é feita de forma impecável.

Quadro de Distribuição Força e Luz (QDFL)

O quadro de distribuição de força e luz tem como função principal receber e distribuir a energia elétrica, contida em um ou mais circuitos, dependendo do projeto em que está sendo estabelecido.

Além disso, esse quadro contém:

  • Dispositivos de proteção;
  • Dispositivos de manobra;
  • E condutores elétricos interligados, que distribuem a energia elétrica para todos os circuitos.
    Quando a instalação for feita, é de extrema importância que o serviço seja realizado por uma empresa especializada, que produto, instala e explica todo o funcionamento do quadro de distribuição de força, e também de luz. O procedimento todo deve contar com rígidos protocolos que estão adequados as normas de segurança, como a NR10 da ABNT (normas técnicas e de segurança)

Cabo Geral de Baixa Tensão

O quadro elétrico QGBT (quadro geral de baixa tensão) é a entrada principal de energia do local de instalação, sendo responsável pela proteção e fonte de alimentação dos demais quadros. O quadro elétrico qgbt fica instalado após a subestação de energia, geralmente montados em painéis autoportantes de chapa de aço especificada em projeto mecânico.  

É comum o quadro elétrico qgbt conter a especificação de corrente de ruptura maior em relação aos demais quadros de distribuição da obra e os dispositivos de proteção contra surto de corrente para proteção de equipamentos.

Quadro de controle lógico programáveis.

Basicamente um CLP é um equipamento que se assemelha a um computador (hardware) onde é possível inserir um programa (software) para controlar e monitorar cargas (dispositivos de saídas) de acordo com parâmetros enviados ao CLP (dispositivos de entradas). O programa desenvolvido para um CLP é totalmente personalizável, composto por uma série de instruções ou funções específicas como lógica, sequenciamento, temporização, contagem e aritmética o que o torna o CLP um equipamento muito dinâmico que pode ser usado em qualquer processo automático de acionamento e ou monitoramento de máquinas e processos.

Segundo a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) um CLP, é um equipamento eletrônico digital com hardware e software compatíveis com aplicações industriais. Apesar desta definição hoje existem CLP’s com características e utilizações em automações residenciais e sistemas de segurança.